Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Com anúncio de obra, Felipe reitera importância de Quartel dos Bombeiros em Bonito

Imagem:
04/07/2019 - 15:17 Por: Carlos Henrique Wilhelms   Foto:

Reivindicação do deputado estadual Felipe Orro (PSDB), a edificação do quartel do Corpo de Bombeiros de Bonito se tornará realidade. O governador Reinaldo Azambuja esteve no município nesta quarta-feira (3) e autorizou o início da obra, que terá duração de um ano e diminuirá em 55 km a distância para chegada de socorro na cidade turística.

Felipe Orro oficializou o pedido de construção de um quartel dos Bombeiros na cidade de Bonito em 2011, na Assembleia Legislativa. Em requerimento, o parlamentar argumentava que "o atendimento de ocorrências em Bonito é realizado pelo Corpo de Bombeiros de Jardim, distante 55 quilômetros. Por se tratar de cidade turística, que recebe milhares de visitantes todos os anos, é inaceitável que Bonito não tenha um quartel instalado dentro do município", explicou Felipe Orro.

A unidade da corporação em Bonito dará mais segurança e qualidade de vida para 21,7 mil habitantes da cidade. Os cerca de 60 mil turistas que visitam a cidade a cada três meses, conforme dados do OTEB (Observatório de Turismo e Eventos de Bonito), também serão beneficiados com a obra.

"A instalação deste quartel significará um novo momento para a cidade de Bonito. A nossa Capital do Ecoturismo reforça seu potencial turístico cada vez mais para outros Estados e países. Por isso, é necessário unirmos esforços para lutar por melhorias que fortaleçam a estrutura da cidade", reforça Felipe Orro.

De acordo com o Governo do Estado, o 8º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Bonito será construído na entrada da cidade, na rodovia MS-178, em frente ao Clube do Laço da Nabileque, em uma área doada pela Prefeitura Municipal. O valor da obra ultrapassa os R$ 3 milhões – recursos próprios do tesouro do Governo de Mato Grosso do Sul.

Em uma área total de 972,57 m², o prédio será dividido em três partes: bloco administrativo, garagem para viaturas e bloco de alojamento. A estrutura será composta por escritório com recepção, salas de vistorias e expediente dos servidores (sala de rádio, sala do comandante, etc), almoxarifado, copa, cozinha, depósito, refeitório, sanitários, vestiários e central de armaduras.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.