Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Evander apresenta PL para revogar 17 leis estaduais que perderam eficácia ou objeto

Imagem: Com a intenção de tornar a legislação estadual mais enxuta, clara e objetiva, por meio desse trabalho, a Comissão de Eficácia Legislativa está analisando diversas leis estaduais
Com a intenção de tornar a legislação estadual mais enxuta, clara e objetiva, por meio desse trabalho, a Comissão de Eficácia Legislativa está analisando diversas leis estaduais
09/09/2019 - 15:47 Por: Adriana Viana   Foto: Adriana Viana

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) apresentou projeto de lei na sessão ordinária de quinta-feira, 5, que visa revogar leis estaduais de vigência temporária que perderam sua eficácia ou seu objeto. O PL faz parte dos trabalhos da Comissão Permanente de Eficácia Legislativa da ALMS, a qual é presidida pelo parlamentar, e cuja principal função é acompanhar e controlar a aplicação e eficácia das leis editadas pela Casa junto ao Executivo estadual.

A proposta tem objetivo de reorganizar o ordenamento legislativo do Estado, revogando 17 leis que foram publicadas entre 1979 e 1984, antes mesmo da promulgação da Constituição Federal de 1988. Tais leis permanecem no ordenamento em caráter formal, ou seja, presentes no sistema jurídico, no entanto, não possuem mais aplicabilidade devido à revogação tácita. Para o autor do projeto, essa situação pode provocar insegurança jurídica.

Em sua justificativa, o parlamentar informou que, a partir de critérios técnico-jurídicos, foi possível considerar revogadas tacitamente as leis de vigência temporária, as que esgotaram a sua eficácia em face do seu objeto ou que normatizaram relação jurídica que hoje não são mais de competência legislativa estadual.

Com a intenção de tornar a legislação estadual mais enxuta, clara e objetiva, por meio desse trabalho, a Comissão de Eficácia Legislativa está analisando diversas leis estaduais. "Esse trabalho vem ao encontro do que trata o Projeto de Lei Complementar 4/2019, de minha autoria, que está tramitando na Assembleia e que dispõe sobre a consolidação das leis estaduais do MS e também da análise de leis que já saíram de vigor e ainda estão no ordenamento", explicou o parlamentar.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.