Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Falta de segurança na Palmira preocupa moradores que procuram gabinete de Capitão Contar

08/10/2019 - 10:27 Por: Assessoria de Imprensa  

A falta de respeito às leis de trânsito está tirando o sossego dos moradores dos bairros Palmira e Búzios, localizados na região oeste de Campo Grande. Em alguns casos a situação é agravada devido ao fluxo de veículos e falta de sinalização, como é o caso do cruzamento da Rua Yokohama, com a Avenida Engenheiro Amélio Carvalho Baís. Outro ponto crítico, relatado pelos moradores, fica na Rua Adélia Fraiha, no residencial Búzios. 

Preocupado com a segurança dos moradores, o deputado estadual, Capitão Contar (PSL), cobrou à Prefeitura de Campo Grande, sobre o serviço público a ser realizado. "Temos conhecimento a respeito da falta de sinalização e o excesso de velocidade, que juntos, se tornam uma mistura fatal. Por isso, peço à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e à PM (Polícia Militar) um redutor de velocidade e aumento do policiamento no local para que possam evitar esses acidentes". 

Segundo a presidente da Associação de Moradores do Residencial Búzios, Cristiane Venceslau, a Rua Adélia Fraiha é linha de ônibus com intenso movimento e com alta velocidade, há o risco iminente de colisão ou atropelamento. Ela explica que redutores de velocidade, semáforos e sinalização horizontal e vertical, são imprescindíveis para a prevenção de acidentes de trânsito. 

De acordo com dados da Sejusp/MS (Secretaria de Estado Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul), de janeiro até o dia 7 de outubro, foram registrados 44 homicídios culposos no trânsito, em todo o Estado.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.