ALEMS no combate ao Coronavírus

Resiliência define as homenageadas na celebração do Dia da Mulher na ALEMS

Imagem: Sessão solene alusiva ao Dia Internacional da Mulher
Sessão solene alusiva ao Dia Internacional da Mulher
09/03/2021 - 12:41 Por: Christiane Mesquita   Foto: Luciana Nassar

A pandemia da Covid-19 não diminuiu a importância da celebração alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março. Em 2021, seguindo todos os protocolos de biossegurança, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizou a sessão solene semipresencial para a entrega do troféu Celina Jallad nesta manhã (9), por proposição da deputada Mara Caseiro (PSDB). 


Mara foi a proponente da sessão solene em comemoração ao dia 8 de março 

As honrarias, instituídas pela Resolução 3/2011, foram dedicadas às mulheres que atuam no enfrentamento da Covid-19, em diversas áreas. “Essa sessão solene integra a Campanha Assembleia Lilás, que fala do Desafio Feminino na Atualidade. É muito representativa em função do momento que estamos passando, a pandemia que mudou todos os nossos hábitos e nossa vida, transformou a nossa sociedade, temos que ficar distantes, no isolamento, prezando a vida. Nada mais justo do que nós homenageamos essas mulheres que estão na linha de frente do combate à Covid-19. Mulheres corajosas e determinadas, que apesar de colocarem a vida em risco, cuidam da vida do próximo”, destacou a deputada Mara Caseiro.

"Os troféus serão encaminhados para as homenageadas pelos parlamentares. É necessário ter responsabilidade neste momento e evitarmos aglomerações. A Campanha Assembleia Lilás ainda continua no dia 17 de março com o debate ‘E agora, sou vereadora?’, trazendo o olhar da mulher nos municípios, e encerra com a palestra sobre a saúde da mulher, no dia 26 de março. A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul tem apenas uma mulher deputada estadual. É uma responsabilidade muito grande, é importante nós unirmos as forças com os deputados para criarmos política públicas de combate à desigualdade entre o gêneros, inclusive na política”, concluiu.


Adriana Corrêa falou em nome do deputado e presidente Paulo Corrêa

Adriana Corrêa, esposa do deputado Paulo Corrêa, destacou a importância do evento. “Agradeço a proponente, e reitero que, mesmo com a pandemia atingindo índices alarmantes, o Poder Legislativo não poderia deixar de celebrar com todos os protocolos necessários, até porque as mulheres foram as mais impactadas em todo o mundo. Devemos nos orgulhar do protagonismo de nós mulheres no combate a Covid-19, incontáveis mulheres que são provocadas a exaustão física e psicológica, e respondem com a resiliência e compaixão, nada mais justo que realizar essa sessão virtual que acompanha a Assembleia Lilás. Manifestamos o nosso reconhecimento a todas as mulheres de MS. Obrigada a todas as mulheres e parabéns as homenageadas”, concluiu.

Sobre a entrega do troféu Celina Jallad, o deputado João Henrique (PL) avaliou o ato simbólico realizado hoje de muita relevância. “Esta data simboliza as mulheres que lutavam pelo direito de trabalhar, marco importante na luta dos direitos das mulheres, e ali começaram diversas lutas. Hoje essas mulheres estão trancadas dentro dos hospitais e dos lugares que atuam no enfrentamento contra a Covid-19 por amor ao que fazem. Celina Jallad foi muito importante para mim. É um orgulho ter a essência feminina que vossa excelência exala na Casa de Leis”, enalteceu o deputado.

Homenageadas

Foram homenageadas nesta manhã Christinne Cavalheiro Maymone Gonçalves, Ludelça Dorneles dos Santos Ledesma, Sonia Regina da Silva, Juliana da Silva Minna, Nicole Ramos de Arruda, Renata Alves dos Santos Barrios, Lidia Aguilar Leite, Ana Christina Wanderley Xavier, Elzi Garcia Salgado, Patrícia Damaceno de Souza, Mirela Ustulin e Santos, Maria Helena Nicoloso Bonotto, Ana Cristina Carneiro Dias, Debora Fernanda Dias, Mariana Trindad Ribeiro da Costa Garcia Croda, Neiva Regina Rocha, Dra Karla de Fátima Moreira Leal, Dra. Maria Auxiliadora Budib, Melissa Cristina Bento Brandolis, Dra Márcia Maria Ferrairo Janini Dal Fabbro, Denize de Barros Dodero, Ely Silva de Oliveira Semmeiroth, Mariza Fátima Gonçalves e Luiza Helena Bernardes Al-Contar.


Neiva Rocha agradeceu a homenagem da Casa de Leis

A enfermeira Neiva Regina Rocha agradeceu a homenagem em nome das demais mulheres. “Além da linha de frente na saúde, há mulheres que somam esforços a nós no combate à Covid-19. Agradeço muito ao convite em participar desta sessão e que todas nós se sintam literalmente homenageadas neste dia tão difícil, cenário de incerteza, na pandemia, com mais de 260 mil vidas ceifadas, estamos vivendo um cenário de guerra que vivemos. O poder de uma mulher não está no seu físico, na sua beleza, nem seu encanto feminino, está no caráter, em sua alma, em seu ser de guerreira. Símbolo de um sexo nada frágil, ser mulher não é fácil, mas não existe nada mais bonito que isso. Que a vacina chegue para todos, e possamos estar num cenário melhor em breve” , ressaltou.


Ao centro, Luiza Helena recebe o troféu Celina Jallad, em nome das homenageadas

Luiza Helena Al-Contar agradeceu a homenagem que recebeu presencialmente. “É um prazer estar aqui, me sinto honrada, admiro muito o trabalho de Mara, o dia é extremamente importante, porque vemos aí uma pandemia, onde pessoas tiveram suas vidas ceifadas, e há tantas mulheres na linha de frente colocando a própria vida em frente para cuidar da vida dos outros. Gostaria de destacar que as mulheres estão sendo vistas estão sendo, que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) tem procurado dar destaque a atuação delas”, explicou .

Trajetória

Celina Martins Jallad nasceu em Campo Grande, foi professora e empresária, filha do ex-governador Wilson Barbosa Martins e Nelly Martins. Entre 1995 e 1996, exerceu pela primeira vez o mandato como deputada estadual, sendo a única mulher entre os 24 deputados. Em 1999, foi reeleita, cumprindo mandatos consecutivos até 2010, foi vice-presidente da ALEMS, e também presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Em 30 de novembro de 2010 foi empossada conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Faleceu no dia 28 de fevereiro de 2011, aos 64 anos, por não resistir a uma cirurgia de emergência que tinha o objetivo de reparar um aneurisma da aorta abdominal.

Assista à reportagem da TV ALEMS sobre a solenidade clicando aqui

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.