Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Contar participa de Fórum de Energia e não concorda com explicações do setor

Imagem:
14/03/2019 - 12:11 Por: Jucyllene Castilho   Foto: Fernando Ricardo Ientzsch

"A bitributação está comprovada e levaremos a discussão para o Executivo Federal e Estadual", esta foi a postura tomada pelo deputado estadual, Capitão Contar (PSL), para com o diretor de regulação da Energisa, Fernando Maia, ao discursar como é a composição da conta de energia. O evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (14), no auditório da Escola Senai da Construção, em Campo Grande.

Representantes da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Energisa, Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado De Mato Grosso Do Sul) e do “Sistema S” estiveram no local. Capitão Contar é presidente da Comissão de Turismo, Comércio e Indústria, e por conta disso esteve no fórum.

O evento foi realizado para explicar como funciona a conta de energia, os impostos e tributações, e como chega a energia em nossas casas. Mais uma vez, a Energia e Aneel atribuíram os valores ao clima quente e o alto consumo dos clientes.

Entretanto, durante as explicações, o diretor da Energisa citou alguns tributos aos consumidores e afirmou que, uma taxa é cobrada sobre a outra. Maia foi questionado pelo parlamentar sobre isso. "Discordo com a fala do diretor em que nos orientou para ‘mudar o discurso’, dizendo que Estado ou Governo nenhum irá permitir reduzir a arrecadação tributária. Vou levar este questionamento para a Comissão da Assembleia, assim como para Brasília. Não podemos ser coniventes com essas irregularidades", afirmou o deputado Capitão Contar.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.