Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Paulo Corrêa repercute construção de ponte que viabiliza Rota Bioceânica

Imagem: Deputado Paulo Corrêa repercutiu, na tribuna, questões relativas ao projeto de implantação da Rota Bioceânica
Deputado Paulo Corrêa repercutiu, na tribuna, questões relativas ao projeto de implantação da Rota Bioceânica
15/05/2019 - 11:49 Por: Ana Maria Assis   Foto: Luciana Nassar

Na manhã desta quarta-feira (15), o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), Paulo Corrêa (PSDB), usou a tribuna para repercutir reunião realizada ontem com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e com o diretor-geral da Itaipu do Paraguai, José Alberto Alderete Rodríguez. A reunião, na cidade de Porto Murtinho, foi sobre a construção da ponte entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai), a qual viabilizará a implantação da Rota Bioceânica.

A ponte será construída pelo governo do Paraguai em parceria com a Itaipu paraguaia e, conforme o deputado Paulo Corrêa, a previsão é de que fique pronta em três anos, pois na reunião foi confirmado o compromisso de iniciar a implantação do projeto.

Com a ponte viabilizando a Rota Bioceânica, haverá a diminuição da distância e de tempo gastos com transporte de cargas para países asiáticos por meio do Oceano Pacífico, o que, para Paulo Corrêa, beneficiará a posição econômica do estado de Mato Grosso do Sul. “Atualmente, demoramos cerca de 17 horas no desembaraço de cargas. A Rota Bioceânica é um sonho antigo e os dois países, Brasil e Paraguai, serão beneficiados”, afirmou o parlamentar.

De acordo com Paulo Corrêa, o papel da Assembleia Legislativa é incentivar o projeto politicamente, fomentando a participação e envolvimento da comunidade empresária. Ele afirma que a bancada parlamentar federal também está empenhada.

O deputado Capitão Contar (PSL), presidente da Comissão de Indústria, Turismo e Comércio da ALMS, afirmou que todos os setores terão melhorias e investimentos com a Rota Bioceânica. “As exportações também experimentarão crescimento e com transparência vamos contribuir para esse projeto de suma importância para o estado e para o país”, avaliou o parlamentar. Coronel David (PSL) afirmou que o governador Reinaldo Azambuja encontrará as portas abertas no governo federal para facilitar ao máximo a implantação do projeto.

Para o deputado Barbosinha (DEM), líder do governo estadual na Casa de Leis, os benefícios do projeto podem elevar a importância econômica do estado. “A consolidação desse projeto é resultado de uma luta secular. Estabelecer a Rota Bioceânica elevará o estado de Mato Grosso do Sul a alto patamar, como porta de entrada para o Pacífico”, comentou. Marçal Filho (PSDB), por sua vez, disse que também considera a pavimentação da ponte que liga Porto Murtinho ao Paraguai um passo importante.

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".