Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

40 anos ALEMS: Campanhas ampliam o engajamento com o meio ambiente

Imagem: Protocolo assinado pelo presidente Paulo Corrêa e demais parlamentares nesta quinta-feira
Protocolo assinado pelo presidente Paulo Corrêa e demais parlamentares nesta quinta-feira
19/09/2019 - 11:17 Por: Christiane Mesquita   Foto: Luciana Nassar

Ações sustentáveis para promover o cuidado com o meio ambiente elencam as atribuições da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) nestes 40 anos da Casa de Leis. Os deputados estaduais da 11ª Legislatura assinaram nesta manhã (19), um protocolo de intenções de sustentabilidade. As Campanhas Energia Limpa, Papel Zero e Chega de Plástico reforçam o compromisso da Casa de Leis com o ecossistema.

Entre os objetivos contidos no documento, que tem a validade de dois anos, estão a redução do impacto da ação humana, consumindo os recursos naturais de forma sustentável, eliminando o prejuízo e estimulando a utilização de materiais recicláveis, sem prejuízo da racionalização dos procedimentos operacionais e ainda promovendo eficiência. 

O deputado e presidente da ALEMS, Paulo Corrêa (PSDB), descreveu as ações que serão implementadas a partir deste protocolo na Casa de Leis. “Na comemoração dos 40 anos da Assembleia Constituinte, o aspecto ambiental é importantíssimo. Todos os deputados aprovaram esta ação. Estamos fazendo uma Casa de Leis com papel zero e plástico zero, e isso não acontece da noite para o dia. Iremos também implantar a energia solar neste prédio construído dentro desse parque maravilhoso, temos então a responsabilidade de fazer com que o meio ambiente seja respeitado”, destacou.


Ato simbólico de plantação de ipês

“A plantação do ipê por mim e pelos demais parlamentares é um ato simbólico que demonstra o cuidado com o meio ambiente. Algumas ações já são tomadas pela Assembleia Legislativa. Um exemplo é a Ordem do Dia enviada aos parlamentares por meio eletrônico. Também faremos canecas para os funcionários e copos de papel em substituição ao plástico, já que o material é reciclável. Será mais caro no primeiro momento, mas o meio ambiente agradece, e futuramente temos a meta de gerar uma economia de aproximadamente 80 a 100 mil reais por mês, com os programas implantados”, comentou o deputado Paulo Corrêa.

Na tribuna, o deputado Pedro Kemp (PT) parabenizou a iniciativa da Assembleia Legislativa em relação à questão ambiental. “É uma preocupação mundial o zelo ao meio ambiente. Vi notícias hoje de queimadas em âmbito internacional, em que a fumaça de uma delas está se espalhando, atingindo países próximos. Essas iniciativas realizadas hoje na Casa de Leis são fundamentais na formação da consciência ecológica e ambiental. A quantidade de plásticos nos mares, além de poluir, prejudica os animais marinhos. De minha autoria, já é lei a proibição do fornecimento de canudos plásticos em estabelecimentos comerciais e em meu gabinete já foram substituídos os copos plásticos por canecas e xícaras de vidro”, informou o parlamentar.

Os deputados Zé Teixeira (DEM), Herculano Borges (Solidariedade), Renato Câmara (MDB), Professor Rinaldo (PSDB), Pedro Kemp (PT), Lidio Lopes (PATRI), Marçal Filho (PSDB), Londres Machado (PSD), Marcio Fernandes (MDB), Onevan de Matos (PSDB), Coronel David (PSL), Antônio Vaz (Republicanos), Evander Vendramini e Gerson Claro, ambos do Partido Progressita (PP) também assinaram o protocolo de intenções.

 

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.