Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

TV ALEMS é importante ferramenta para aproximar população dos deputados

Imagem: Com restrições devido ao coronavírus, TV ALEMS se consolida como um dos canais que garante acesso do público às informações legislativas
Com restrições devido ao coronavírus, TV ALEMS se consolida como um dos canais que garante acesso do público às informações legislativas
29/05/2020 - 08:50 Por: João Grilo   Foto: Wagner Guimarães

A TV ALEMS, TV da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, tem sido para os parlamentares, servidores do Parlamento e, principalmente para a população, um importante instrumento de divulgação das atividades realizadas por meio da Casa de Leis. Em operação desde novembro de 2001, o canal possibilita à população acompanhar o trabalho e o desempenho dos 24 deputados estaduais. 

Transmitida pelo site oficialYouTube e em rede fechada, via cabo, pelo canal 9 da NET em Campo Grande e Dourados e pelo canal 44 em Naviraí, a TV ALEMS hoje funciona em sistema digital e tem 16 horas diárias de programação, exibindo ao vivo e fazendo a cobertura jornalística das sessões plenárias, audiências públicas, reuniões das comissões e frentes parlamentares, seminários e ainda de outros eventos promovidos na Casa de Leis. Programas produzidos e apresentados pela equipe de jornalistas também garantem variedade de conteúdo na grade. 

No ar diariamente, das 7h até meia-noite, a TV ALEMS conta com 32 programas produzidos por jornalistas do veículo, 14 programetes e outros 23 de emissoras como TV Senado, TV Justiça, TV Câmara de São Paulo, TV do Superior Tribunal de Justiça, TV do Tribunal Superior do Trabalho, entre outros. Os tribunais de Justiça e de Contas de MS, além da TV Câmara de Campo Grande, colaboram com produções feitas por suas respectivas equipes de comunicação. 

O canal da Assembleia Legislativa ao longo de todo esse tempo tem aberto espaço para a discussão de temas do cotidiano, relacionados à saúde, economia e educação e também para cultura regional. Todos os programas exibidos na TV ALEMS, bem como documentários e entrevistas, podem ser conferidos na íntegra. 

A TV Assembleia também é responsável por fazer cópias, quando solicitadas de dentro ou fora da Casa de Leis, dos eventos realizados e das reportagens produzidas por nossos jornalistas. As cópias, geralmente são usadas pelos assessores para divulgação dos deputados em seus sites e redes sociais. O material é disponibilizado mediante pedido oficializado via documento para controle e segurança da imagem dos parlamentares.

Perto da população

Conforme Mauricio Picarelli, gerente da TV ALEMS, “esse importante veículo de comunicação institucional desenvolve um trabalho de aproximação dos trabalhos parlamentares da população, além de oferecer ao público conteúdos de interesse social, que tratam de diversas temáticas. O plano, agora, é transformar o canal em TV aberta.  

Nos últimos meses, a TV ALEMS teve muitos avanços, como reformulação da identidade visual (criação de nova logomarca, vinhetas e tarjas para créditos dos entrevistados e dos eventos) e reestruturação da programação (exibição dos programas em horários fixos, sempre que possível, reformulação de programas e criação de novos, veiculação de programas e comerciais publicitários de parceiros). 

“Nossa missão é oferecer conteúdos de qualidade à população por meio de nossos programas, do telejornal Jornal Parlamentar, entre outras atrações. Por isso estabelecemos certa periodicidade junto à equipe no sentido de os jornalistas sempre estarem atualizando os programas com conteúdos inéditos”, observa o jornalista Alessandro Perin, coordenador da TV ALEMS. 

O jornalista Thiago Frison, que, entre diversas funções que desempenha na TV, também apresenta o programa MS em Pesquisa, diz que “a atração cumpre um papel bastante importante de ajudar na popularização das ações nos campos da ciência e tecnologia. Muita gente acredita que as grandes pesquisas brasileiras estão apenas em grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo, mas não. Aqui no estado existem iniciativas muito importantes e que batem de frente com o trabalho de grandes centros”.

Editor-chefe do Perspectiva, ele explica que “este programa surgiu da necessidade que percebemos em razão da pandemia do coronavírus. Percebemos que a mídia em geral ao cumprir seu papel de informar, não trazia para campo do debate o futuro da nossa sociedade depois que tudo isso passar. Nossa ideia foi, direto das nossas casas, conversar com especialistas para tentar entender como nossa sociedade poderá enfrentar os problemas que inevitavelmente virão. Os debates têm sido ótimos, muito esclarecedores”. 

Para a jornalista Lívia Machado, que apresenta o Perspectiva e também o Mulheres em Debate, “este último é mais do que um programa que divulga ações governamentais, pois discutimos a importância da inserção do público feminino em todas as esferas desde o mercado de trabalho até a política, incentivando a participação ativa delas nas tomadas de decisões, sem esquecer temas ligados às redes de informação, proteção e auxílio para que elas não sejam vítimas de nenhum tipo de violência”. 

O jornalista João Humberto, que apresenta o programa Ler é Viver destaca que a atração foi pensada justamente para divulgar produções literárias, principalmente as regionais, além de mostrar ações que dignificam a literatura. “É uma excelente ferramenta para o debate literário, até porque a literatura, nesses tempos de pandemia, tem sido uma válvula de escape para conter a tensão”. 

Ana Paula Gimenes, que apresenta o Saúde em Foco, explica que “o programa oferece ao público entrevistas com especialistas de diversas áreas, por meio de uma linguagem bem descontraída, com foco nos avanços da ciência para o bem-estar físico e mental da sociedade. Prestamos um serviço relevante para ajudar na multiplicação do conhecimento e de técnicas atuais que podem ajudar a melhorar a saúde da população”.

Ajuda

Na opinião do jornalista Leonardo Rocha, repórter do site Campo Grande News, “antes da pandemia, a TV Assembleia já era importante no sentido de me garantir informações sobre os projetos e assuntos que estavam em pauta. Agora, se tornou primordial no acesso às informações e acompanhamento das sessões e votações para a produção das reportagens na imprensa. Além disso, ajuda os profissionais a ter mais detalhes sobre as propostas que estão em tramitação".

Já para o jornalista Fabiano Arruda, repórter da TV Morena, que cobre pautas na Assembleia há pelo menos dez anos, “Eu peguei uma época em que as equipes de jornalistas eram obrigados a irem presencialmente até a Assembleia Legislativa, já que era a única forma de a gente acompanhar o trabalho dos deputados. Então, tínhamos que ir ao plenário para acompanhar as votações das sessões, entrevistando os parlamentares de perto, embora essa seja até hoje a melhor ferramenta pra quem faz política, pra quem trabalha com jornalismo político. Mas, nos últimos tempos, diante da impossibilidade em decorrência da pandemia do coronavírus, a TV Assembleia vem nos auxiliando bastante por meio das transmissões ao vivo das sessões e por isso esse canal ganhou uma importância ainda maior. Nesse ano, por exemplo, as votações de dois projetos importantes, como o de reconhecimento de calamidade pública no Estado e o da previdência dos servidores estaduais, foram acompanhadas por mim de maneira online, à distância. Usar as imagens que são da transmissão online da Assembleia Legislativa também tem ajudado bastante o nosso trabalho”. 

“Hoje, a Assembleia divulga seus trabalhos de modo que facilita o serviço dos profissionais de comunicação. Já assisti a muitas audiências públicas e solenidades da redação mesmo, sem precisar me deslocar; ajuda bastante na elaboração das matérias", reforça a jornalista Valdelice Bonifácio, editora-chefe do jornal Diário Digital.

Editores de texto, repórteres, apresentadores, editores de imagens, cinegrafistas, produtores e técnicos são os responsáveis por impulsionar a engrenagem da TV ALEMS, fazendo com que ela não pare nunca e sempre ofereça conteúdos de interesse social para que os cidadãos estejam informados sobre as ações realizadas no Parlamento. E tempos de pandemia, a informação não pode parar e a missão de toda equipe é que ela chegue até você com transparência e credibilidade. 

 

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.