Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Festa da padroeira de Sidrolândia entra para o Calendário Oficial de MS

Imagem: Gerson Claro é o autor da Lei
Gerson Claro é o autor da Lei
28/07/2020 - 10:32 Por: Fernanda Fortuna   Foto: Carlos Godoy

A Festa de Nossa Senhora da Abadia – padroeira do município de Sidrolândia, entrou hoje (28) para o calendário oficial de eventos de Mato Grosso do Sul. Ela passa a vigorar a partir da publicação, no Diário Oficial do Estado, da Lei nº 5.544, de autoria do deputado estadual Gerson Claro (Progressistas), líder do Governo na Assembleia Legislativa.

O evento é comemorado anualmente no dia 15 de agosto, quando o povo manifesta sua devoção participando de novenas, procissões, missas, pagamento de promessas e coroação da santa.

“É uma festa com mais de 63 anos de tradição, uma manifestação religiosa, artística e cultural muito importante para o povo de Sidrolândia. Além disso, temos os turistas que chegam ao município ajudando a ampliar a renda e trazendo desenvolvimento para a cidade”, justificou o parlamentar.

O 15 de agosto foi escolhido para comemoração anual por ser a data em que se celebra o Dia de Nossa Senhora de Abadia.

Para se ter uma ideia, no ano passado, a celebração reuniu aproximadamente 6.700 pessoas nos primeiros dias, sendo necessário ampliar as acomodações num anexo ao salão paroquial.

“Além de seu caráter religioso e cultural, a festa também atrai dividendos ao município, com a noite da costelada, noite do peixe, noite do carreteiro com ovo e linguiça, e noite do humor, além de atrações musicais. Uma festa de fé, de devoção e de alegria, que agora vai para o calendário oficial”, complementou Gerson Claro.

Frei Júnio César Roza, da Paróquia Nossa Senhora da Abadia, explicou que a própria história do município gira em torno dos festejos para a santa.

“O fundador de Sidrolândia, Sidrônio Antunes de Andrade, era devoto de Nossa Senhora da Abadia. Mas hoje, muito tradicional, essa festa extrapola nossa cidade e ganha uma importância para todo o estado de Mato Grosso do Sul, não apenas na parte religiosa, mas também social e cultural. Por isso a importância de entrar para o calendário oficial, por ser um dos maiores e mais tradicionais festejos do Estado”, afirmou.

Um dos festeiros do evento, Valdeir Alves Viana, destacou que a comemoração é importante para Sidrolândia desde que a população da cidade era muito pequena.

“É e sempre foi muito importante para a comunidade católica, o povo participa em massa. É uma data em que a gente se confraterniza com toda a população. Agora, com a festa no calendário oficial do Estado, teremos mais representatividade e nossa comemoração fica ainda mais especial”, finalizou.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.