Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Há 15 anos, Mato Grosso do Sul celebra a Semana do Administrador de Empresas

Imagem: Em 2020, eventos que comemoram a semana serão realizados online devido à pandemia
Em 2020, eventos que comemoram a semana serão realizados online devido à pandemia
08/09/2020 - 10:05 Por: Fernanda Kintschner   Foto: Wagner Guimarães/Arquivo ALEMS

Desde 2005, por força da Lei Estadual 3.057/2005, a profissão do administrador de empresas é enaltecida em Mato Grosso do Sul com uma semana voltada a atividades que homenageiam a atuação essencial ao desenvolvimento do Estado. O autor da lei, deputado Paulo Corrêa (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), reitera a importância da profissão.

“Muito nos orgulha e nos honra a autoria da lei. Um profissional de extrema importância para as empresas, das mais diversas áreas e segmentos e também para o poder público, e que sabe e deve ocupar posições estratégicas, desempenhando um papel fundamental no processo de desenvolvimento econômico de todo Mato Grosso do Sul. Os administradores trabalham sempre tendo mente o futuro e de suas organizações, bem como pensando estratégias que ofereçam respostas práticas e benéficas para as necessidades da população, de modo a atendê-las da melhor e mais eficiente forma possível”, destacou o presidente Paulo Corrêa.

O Dia Nacional do Administrador é comemorado anualmente em 9 de setembro e cada um que se forma pode atuar em diferentes campos como a seleção e administração de pessoal, organização de métodos, orçamento financeiro de empresas, administração de material, de logística e de produção, administração financeira, mercadológica e outros desdobramentos. Segundo o Conselho Regional de Administração de Mato Grosso do Sul (CRA-MS) mais de cinco mil profissionais são cadastrados para atuar regionalmente e mais de 700 empresas exploram campos privativos da Administração.

“Somente os que possuírem o registro junto ao Conselho estão habilitados e autorizados a explorarem a atividade da Administração, em mais de 39 campos de atuação, nos setores públicos e privados. Nesse momento de pandemia é de extrema importância da atuação dos profissionais, pois a partir deles é possível sair mais rápido da crise e contribuir para o desenvolvimento. É crucial que os empreendedores se conscientizem da importância da profissão para suas empresas, assim como no setor público”, explicou o presidente do CRA-MS, Rogério Eloi Bezerra.

A criação da profissão, segundo o CRA-MS, surgiu desde a década de 1930, porém, acentuou-se por ocasião da regulamentação da profissão por força da Lei 4.769, de 09 de setembro de 1965, em que determinou que o acesso ao mercado profissional seria privativo dos portadores de títulos expedidos pelo sistema universitário.  Hoje existem  cerca de 108 instituições que oferecem o curso no Estado, entre presenciais e virtuais, sendo 84 em Administração, nove em Administração Pública e 15 Tecnólogos em Administração. Os currículos atuais apontam que os administradores de empresas estudam matemática, estatística, contabilidade, economia, psicologia, sociologia, instituições públicas e privas, legislações sociais e tributárias, além das teorias e práticas administrativas financeiras, de pessoal e de material.

ALEMS

No Poder Legislativo também há espaço para os temas, com a atuação da Comissão Permanente de Serviço Público e Administração, em que os deputados membros analisam as matérias sobre o serviço da administração estadual direta, indireta e das fundações, além dos projetos que envolvam o regime jurídico dos servidores públicos civis, militares, ativos e inativos. Também é dela a responsabilidade sobre assuntos de prestação de serviço público em geral, sua qualidade e aprimoramento. Além disso emite parecer também sobre política salarial, formação, reciclagem e aperfeiçoamento de recursos humanos e sistema estatístico, cartográfico e demográfico estadual.

Desde 2013, por força da Resolução 47 do mesmo ano, o Legislativo homenageia os profissionais com a Comenda do Mérito Mary Parker Follet, de autoria do deputado Felipe Orro (PSDB). A honraria relembra a norte-americana considerada pioneira no mundo dos negócios, em que formulou a Teoria dos Stakeholders (públicos de interesse de uma organização), a gestão como profissão, as virtudes dos gestores, a importância da integridade dos líderes e a espiritualidade no trabalho.

Mary considerou que as experiências democráticas/participativas ajudariam as pessoas a desenvolver o próprio potencial e preconizou a chamada "governança cooperativa", nos termos da qual os trabalhadores seriam formados para compreender os negócios e os seus mercados, e participariam na gestão dos destinos das organizações.

Devido à pandemia do coronavírus a Casa de Leis não realizará a sessão solene de entrega da honraria neste ano, mas que ano passado homenageou com, além da Comenda Mary Follet, com os títulos de “Educador Emérito 2019”, “Personalidade Destaque do ano de 2019”, “Peter Ferdinand Drucker” e “Acadêmicos Emérito 2019” – reveja aqui.

Semana 2020

Apesar disso, esse ano não passará em branco para a profissão e é possível participar de algum dos eventos online.  De 21 a 24 de setembro o CRA-MS promove a Semana em Mato Grosso do Sul  - confira aqui e outro evento em parceria com o CRA de Minas Gerais, de 8 a 30 de setembro, sobre Gestão de Pessoas, Logística, Gestão Pública, Perícia, Comércio Exterior, Liderança, Transformação Digital, Maketing – veja aqui.  A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) realizará um evento no Campus de Três Lagoas – veja aqui. A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) também realizará evento de forma online sobre os desafios do administrador durante a pandemia – inscreva-se aqui.

Permitida a reprodução do texto, desde que contenha a assinatura Agência ALEMS.
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato Nome do fotógrafo/ALEMS.