Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul
ALEMS no combate ao Coronavírus

Gerson Claro apresenta moção pelo Dia da Justiça e dos Conciliadores Judiciais

Imagem: Gerson homenageia servidores do Judiciário
Gerson homenageia servidores do Judiciário
08/12/2020 - 10:29 Por: Fernanda Fortuna   Foto: Luciana Nassar

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Gerson Claro (Progressistas), apresentou durante a sessão virtual desta terça-feira (8) Moção de Congratulação aos servidores do poder Judiciário em comemoração ao Dia da Justiça e Dia Estadual dos Conciliadores e Mediadores Judiciais e Extrajudiciais.

A Lei 5.425, que estabelece a data no calendário oficial de eventos do Estado, é de autoria do parlamentar e foi sancionada no dia 28 de outubro de 2019 pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A homenagem é direcionada aos servidores do poder Judiciário, conciliadores e mediadores judiciais e extrajudiciais do Estado, e segue em nome do presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desembargador Paschoal Carmello Leandro, Fabio Possik Salamene e Vinicius Pedrosa dos Santos, coordenadores dos CEJUSCs (Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania) da Capital e do interior, e Leonardo Barros de Lacerda, presidente do Sindjus/MS (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário).

“Congratulamos a todos esses profissionais que, com honra, dignidade e firmeza, têm exercido seus labores atuando para o cumprimento da justiça de nosso Estado. Ressaltamos a importância da comemoração aos que são responsáveis por garantir a solução para os conflitos da sociedade, promovendo o acesso do cidadão comum à ordem jurídica”, diz a mensagem de Gerson Claro em sua homenagem.

MEDIAÇÃO

O deputado destaca a celeridade e baixo custo do processo de mediação como benefícios para desburocratizar a Justiça, já tão lotada de processos.

Ainda segundo o parlamentar, é de extrema importância disseminar a construção de uma sociedade conciliadora e harmônica, por meio dos processos de mediação e conciliação.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.