Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Presidente Paulo Corrêa reafirma compromisso pelo fortalecimento do Poder Legislativo

Imagem: Durante abertura do ano Legislativo, Corrêa também defendeu a convivência harmoniosa entre os Poderes
Durante abertura do ano Legislativo, Corrêa também defendeu a convivência harmoniosa entre os Poderes
04/02/2019 - 11:18 Por: Fabiana Silvestre   Foto: Luciana Nassar, Wagner Guimarães e Victor Chileno

A convivência harmoniosa entre os Poderes e a consolidação do papel decisivo da Casa de Leis para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul foram reafirmadas pelo presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa (PSDB), durante a abertura da 1ª Sessão Legislativa da 11ª Legislatura, realizada nesta segunda-feira (4), no plenário Deputado Júlio Maia.

Parlamentares, familiares e demais autoridades dos três Poderes acompanharam os trabalhos e o pronunciamento do presidente do Legislativo. “Confirmo o meu compromisso de luta permanente, com todos os membros desta Casa, pelo fortalecimento do Poder Legislativo e pela grandeza de Mato Grosso do Sul”, afirmou Paulo Corrêa. Ele disse que os desafios foram agravados pela conjuntura nacional de grave crise econômica, com quase 13 milhões de desempregados, desalento social e queda na arrecadação da União, dos estados e dos municípios.

“Naturalmente, Mato Grosso do Sul não é uma ‘ilha’ isolada dessa realidade, de severa escassez de recursos para investimentos públicos, e de incertezas no setor privado”, analisou. Segundo o presidente, mesmo os estados que se esforçam ao extremo para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), como é o caso de Mato Grosso do Sul, são duplamente sacrificados.

De um lado, pela queda de receita decorrente da redução das atividades produtivas, e, de outro, pelo corte de investimentos federais em setores estratégicos. “Ao mesmo tempo, a crise econômica e social multiplica a demanda por serviços públicos em áreas cruciais, como saúde, educação, segurança e proteção social”, reiterou Corrêa.

Para o presidente, as dificuldades, ao contrário de causar desânimo, instigam, ainda mais, o espírito público e a disposição ética que devem nortear o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. Corrêa enfatizou que o Poder Legislativo continuará sendo “o território institucional onde predominam a manifestação livre das divergências e os consensos estabelecidos sem transigir com princípios”.

Segundo ele, a atuação coletiva dos 24 deputados e o esforço individual serão decisivos para o sucesso dos trabalhos. “Pesa sobre cada um de nós, membros deste Parlamento, a responsabilidade de, sem renunciar a convicções partidárias ou ideológicas, participar da construção permanente de uma infraestrutura legal, capaz de responder às demandas socioeconômicas, políticas e culturais de uma sociedade em vertiginosa transformação”, reforçou.

Lembrando que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) também já foi deputado estadual, Corrêa ressaltou que a harmonia entre os Poderes será mantida em prol dos interesses da população que vive em Mato Grosso do Sul, “que se colocam acima de interesses ideológicos, partidários ou de grupos, para se traduzir em conquistas que pavimentem o caminho da prosperidade, que é quando o desenvolvimento beneficia a todos”.

O presidente também convocou os deputados para a primeira sessão ordinária, a ser realizada nessa terça-feira (5), às 9h, quando deverão ser indicados oficialmente os líderes e vice-líderes partidários, além dos representantes das siglas nas comissões permanentes da Casa de Leis.

Permitida a reprodução , desde que contenha a assinatura "Agência ALMS".
Crédito obrigatório para as fotografias, no formato "Nome do fotógrafo/ALMS".
04/02/2019 - Abertura dos trabalhos da 11ª Legislatura
Banco de Imagens