Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul Brasão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Zé Teixeira intercede por obras em rodovias de MS

Imagem: Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
26/11/2019 - 17:20 Por: Gustavo Nunes - Assessor de Imprensa   Foto: Divulgação

Pedido do 1º secretário da Alems atenderá moradores de Alcinópolis, Costa Rica, Figueirão e Paraíso das Águas

Na sessão legislativa desta terça-feira (26/11), o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) apresentou indicação solicitando obras de pavimentação asfáltica das rodovias MS-135 (Costa Rica – Alcinópolis) até o entroncamento da BR-359 – (Estreito), numa extensão de aproximadamente 20 quilômetros; da MS-316 (Costa Rica – Paraíso das Águas), extensão de aproximadamente 62 quilômetros; e nesta mesma Rodovia, no segmento iniciando no Trevo do Salto do Rio Sucuriú até a Ponte da Formiga, bem como o recapeamento da MS-223 (Costa Rica – Figueirão) até a MS-306, no município de Costa Rica. O pedido do deputado fora endereçado ao Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. 

“O objetivo é oferecer trafegabilidade segura aos condutores de veículos, acesso fácil e com maior economia em âmbito geral, uma vez o asfalto colabora com a integração física entre as cidades, barateia os custos de escoamento da produção, torna as comunidades acessíveis a determinados bens e serviços, resulta em mais conforto e rapidez no tráfego, enfim, permite possibilidades de melhoria de qualidade de vida”, justificou o deputado Zé Teixeira. 

Em sua proposição, o parlamentar ressalta também que os trechos de estradas e pontes citadas localizam-se em região de grande produtividade agrícola e pecuária. “Recebemos constantes cobranças de moradores, proprietários rurais e condutores de veículos por rodovias e pontes bem conservadas, as quais são essenciais a todos os que necessitam de vias em condições de trafegabilidade segura. Por isso pedimos pelo atendimento às reivindicações elencadas garantindo o escoamento da safra agropecuária com maior celeridade, menos gastos com o frete e menor prejuízo à classe produtora”, finaliza o parlamentar.

As matérias no espaço destinado à Assessoria dos Parlamentares são de inteira responsabilidade dos gabinetes dos deputados.